Como alugar casa em Portugal
Foto: ingehogenbijl / Shutterstock

Quem está planejando se mudar para Portugal normalmente passa boa parte desse planejamento pesquisando sobre aluguéis no país. Mesmo quem tem planos de comprar uma casa o quanto antes, de modo geral, prefere passar um tempo morando de aluguel antes de bater o martelo sobre sua casa definitiva. Se você pretende alugar casa em Portugal (ou arrendar, como se diz por aqui), entenda como esse processo funciona.

SAIBA COMO TIRAR GRATUITAMENTE O PB4, QUE PODE SUBSTITUIR UM SEGURO-SAÚDE EM PORTUGAL

Procurando um imóvel para alugar

Nas maiores cidades portuguesas há mais demanda do que oferta de imóveis para alugar. Isso se deve a uma série de fatores, que passam pela explosão do turismo em Portugal e também pelo déficit habitacional histórico, mas o impacto direto é no aumento do valor dos aluguéis (aqui chamados de rendas) nas principais cidades.

Com a demanda em alta, os proprietários têm conseguido alugar seus imóveis rapidamente, por isso as imobiliárias deixaram de ser a melhor opção para quem procura uma casa barata para alugar. Nesse caso, o melhor caminho para a busca são os sites de classificados, como Idealista, OLX e Casa Sapo. Ou métodos mais tradicionais, como recomendações de amigos, consultas nos cafés de bairro e a boa e velha bateção de perna em busca de anúncios nas janelas. Obviamente essas opções são inacessíveis para quem não está em Portugal ainda.

COMO TIRAR O VISTO DE ESTUDANTE PARA PORTUGAL

O custo de alugar casa em Portugal

O valor dos imóveis varia muito de cidade para cidade, tendo Lisboa e o Porto os preços mais altos. Uma particularidade de Lisboa em relação ao Porto é que não apenas o concelho viu os preços subirem, como também as cidades ao redor, como Cascais, Estoril (áreas litorâneas nobres) e mesmo subúrbios que não eram muito valorizados até então, caso de Odivelas e Queluz.

O padrão no aluguel de imóveis em Portugal é o pagamento adiantado de um valor referente a três meses de aluguel. O inquilino paga o primeiro e o último mês do contrato e deixa um valor como caução, que será devolvido quando feita a entrega das chaves, no fim do contrato. Isso não elimina a necessidade de fiador.

Com o descompasso entre oferta e demanda no aluguel e o aumento de estrangeiros no país, algumas novidades surgiram nesse processo: senhorios exigindo que o fiador seja português; senhorios pedindo dois fiadores; senhorios pedindo o pagamento de duas cauções; pretendentes oferecendo mais do que o valor de aluguel pedido; pretendentes oferecendo o pagamento antecipado de até um ano de aluguel. Não anda fácil mesmo alugar casa em Portugal.

COMO TRANSFERIR A CARTEIRA DE MOTORISTA PARA PORTUGAL

Alugar à distância vale a pena?

É muito comum que os migrantes do Brasil para Portugal queiram chegar ao novo país com a moradia já resolvida. No entanto, essa nem sempre é a melhor ideia. Primeiro porque alugar uma casa sem vê-la pessoalmente é um risco; não apenas por não poder verificar o estado geral do imóvel mas também pela impossibilidade de explorar a vizinhança antes de fechar contrato. Isso vale especialmente para os imóveis baratos nas principais cidades portuguesas. Se anda difícil para quem vive aqui encontrar um ‘achado’, imagine para quem vive do outro lado do oceano. Assim, tenha especial atenção aos anúncios que pareçam bons demais para serem verdade e que cobram um adiantamento antes da visita. Isso é um golpe muito comum por aqui.

Por essa razão, muitas famílias recorrem ao aluguel de temporada de médio prazo quando chegam a Portugal. Se por um lado têm o desconforto de não ter um endereço definitivo, têm a segurança de saber que estão numa casa temporária. Além disso, já se estabelecem num imóvel mobiliado, adiando essa despesa inicial de quem vai para uma casa nova.

Atenção aos prazos do contrato

Se alugar à distância for essencial, a melhor opção é contratar um serviço de consultoria de aluguel, muito comum em cidades com mercado de aluguel complicado, como Londres, e que vem começando a surgir em Lisboa. Nesse tipo de serviço, uma pessoa é paga para visitar imóveis, fazer imagens e reports sobre as casas visitadas e a vizinhança, dando maior segurança na escolha.

Caso esse investimento não seja uma opção para o seu orçamento e você decida vir com aluguel já fechado, verifique quais são as brechas de rescisão de contrato, caso você seja surpreendido com uma casa que não é bem a que você esperava. Pela lei portuguesa, um inquilino só precisa cumprir um terço do contrato de aluguel para poder sair do imóvel sem penalidades. No entanto, é preciso comunicar ao senhorio 120 dias antes da saída, se seu contrato for de pelo menos um ano. Fique atento aos prazos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here