Dezembro em Lisboa: entre no clima festivo da cidade

Quem chega a Lisboa em dezembro vai encontrar uma cidade iluminada. Por toda a parte, luzes, árvores, flocos de neve e bandeirolas com o menino Jesus deixam claro que chegou o período do Advento e de contagem regressiva para as festas de fim de ano. O Réveillon em Lisboa, para padrões europeus, é bem animado. Mas é mesmo o Natal a grande estrela do mês, celebrada com eventos temáticos.

Dezembro é um mês em que o frio já chegou para valer e as temperaturas facilmente caem para abaixo de 10°C. Adicione uma boa dose do típico vento lisboeta e pronto, taí a receita para a bateção de queixo. Brincadeiras à parte, aquele corta-vento que você tem no armário vai ser muito útil, assim como roupas quentinhas e meias-calças (conheço alguns homens que em dezembro já não saem de casa sem ceroulas). As chuvas costumam dar um tempo e os dias são bonitos – embora o clima ande tão maluco que fica difícil arriscar previsões.

O que colocar na mala para Lisboa

Se você vai estar em dezembro em Lisboa, se liga nessas dicas.

Pôr-do-sol de dezembro em Lisboa. Foto: Flávia MottaPôr-do-sol de dezembro em Lisboa. Foto: Flávia Motta

Onde ver luzes de Natal em Lisboa

Nos anos mais recentes a Câmara Municipal vem fazendo um investimento importante na decoração de Natal de Lisboa, sendo a Baixa e o Chiado os pontos principais. Na Baixa, uma grande árvore de Natal é montada na Praça do Comércio e cabe sempre à Rua Augusta a decoração mais bonita daquele pedaço. O Rossio também recebe elementos figurativos e o passeio por essa Lisboa iluminada pode seguir pelo Chiado até o Largo do Camões.

No Chiado, o centro comercial Armazéns do Chiado, costuma monta uma bonita árvore de Natal logo na fachada e as vitrines das lojas da Rua Garrett se encarregam de caprichar no clima natalino. No Largo do Camões, a estátua do poeta normalmente divide espaço com outras peças natalinas. Vale incluir nesse roteiro um passeio noturno pela Avenida da Liberdade, que ganha um ar mágico com as luzes de Natal.

O que fazer em Lisboa. Descubra o essencial da cidade

[embedded content]

O que fazer em Lisboa em dezembro

Apesar do frio lá fora, um bom motivo para ficar ao ar livre à noite é o espetáculo de videomapping: uma projeção em vídeo que nos últimos anos tinha como tela o casario do Terreiro do Paço mas agora em 2017 ocupa a Fonte Luminosa. É sua chance de conhecer uma faceta de Lisboa menos explorada pelos roteiros turísticos, mas não menos interessante. As sessões vão de 14 a 23 de dezembro, às 19:00, 20:00 e 21:00.

A Câmara Municipal também promove outros eventos natalinos, como corais e concertos em igrejas e ateliês de atividades infantis. Para se programar, é só conferir a agenda do Natal em Lisboa. Os eventos começam no dia 1º de dezembro, feriado nacional e data que marca também o acender das luzes natalinas na cidade. Em Cascais, o Parque Marechal Carmona vai se transformar num autêntica Vila do Natal, um programa que as crianças devem amar.

Tardes musicais: conheça os projetos de shows intimistas em Lisboa

Wonderland 2016 em Lisboa. Foto: Flávia MottaWonderland 2016 em Lisboa. Foto: Flávia Motta

Mercados de Natal em Lisboa

Grandes Mercados de Natal são comuns pela Europa mas não tanto em Portugal. Desde que vim morar em Lisboa, há três anos, a Câmara monta um mercado meio tímido em pontos importantes da cidade, como a Praça do Comércio ou a Praça do Município, mas afinal em 2016 afinal Lisboa ganhou seu Mercado de Natal a sério, com direito a roda gigante e pista de patinação no gelo, no Parque Eduardo VII: Wonderland. Em 2017 haverá uma nova edição, que vai de 1º de dezembro a 1º de janeiro.

Claro que há versões mais compactas de mercados de Natal e essas acontecem aos montes no período pré-natalino. E são uma excelente opção para quem quer comprar produtos originais, de novos criadores e, em alguns casos, provar queijinhos e outras delícias feitas por pequenos produtores portugueses. Entre os mais tradicionais estão o do Campo Pequeno e do Centro Cultural Belém. É bom ter em mente que os mercados de Natal se concentram nas duas primeiras semanas do mês, principalmente. Para se programar, vale conferir a seleção da Time Out.

Por dentro de um mercado de vinhos em Lisboa

Carrinho de castanhas. Foto: Flávia MottaCarrinho de castanhas. Foto: Flávia Motta

O que comer em Lisboa em dezembro

E como não se pode falar em Natal sem falar em comida, vamos a ela. Nas ruas de Lisboa, nessa época mais fria do ano, não é raro se deparar com uma fumaça perfumada embaçando a paisagem. São as carrinhas de castanhas assadas, uma tradição por cá. Uma dúzia de “quentes e boas” custa entre 2 e 2,50 euros.

Do frio das ruas para o quentinho das pastelarias, as castanhas saem de cena para ceder lugar para gordices natalinas. É fácil encontrar rabanadas para acompanhar o chá da tarde e aqui, em vez de panetone, quem faz a alegria dos fãs de frutas cristalizadas (#notme) é o Bolo Rei. Uma alternativa para quem, como eu, prefere evitar  as tais frutas cristalizadas é o Bolo Rainha, onde frutos secos, como amêndoas, nozes e passas são mais presentes. É nele que eu vou.

Comments

comments

Leave a Reply