Portugal passa em 2018 pelo pior surto de sarampo em mais de uma década. Até esta sexta (30), já foram confirmados 84 casos da doença em todo o país. Há outros 19 sob investigação.

Segundo a Direção Geral da Saúde do país, 71 doentes já estão curados, e apenas um permanece internado.

A maioria dos casos está de alguma forma ligada ao Hospital de Santo António, no Porto, mas já há casos isolados em outros pontos do país, inclusive na capital, Lisboa.

No ano passado, o país já havia enfrentado um surto, mas de menores proporções. Após três anos sem ter nenhum caso de sarampo, em 2016 Portugal voltou a registrar a doença. Foram 29 infecções. Uma jovem de 17 anos, que não havia sido vacinada, acabou morrendo.

O aumento dos casos de sarampo fez ressurgir no país a discussão sobre a obrigatoriedade das vacinas no país.

O debate sobre a obrigatoriedade da imunização, aliás, tem acontecido em boa parte do continente europeu, onde a doença voltou a crescer em 2016 e 2017, além de seguir em expansão também neste ano.

Mais Ora Pois

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here